Acamsop, sexta, 12 de abril de 2024 23h : 29m - Paraná - BR

Notícias

ACAMSOP e AMSOP PROVEM ENCONTRO SOBRE A CRISE DO LEITE E DEBATEM MELHORIAS NO PREÇO E REDUÇÃO DE IMPORTAÇÃO

Mais de 300 produtores de leite lotaram o auditório da AMSOP na manhã desta sexta feira. O assunto da crise do leite voltou a tona com força total depois que dados da produção leiteira no sudoeste do Paraná revelaram que a atividade está se tornando insustentável. Segundo dados da Embrapa, um produtor de leite deixa a atividade a cada 11 minutos. A região sudoeste é a maior bacia leiteira do estado do Paraná, onde são produzidos quase 2 bilhões de litros por ano.

O encontro desta sexta-feira, além dos produtores, reuniu empresas e cooperativas de laticínios e demais envolvidos na cadeia leiteira, além de autoridades regionais e do estado. O movimento foi iniciado pela Associação das Câmaras Municipais do Sudoeste – Acamsop, que realizou a mobilização em parceria com a Associação dos Municípios – Amsop.

“As Câmaras Municipais são os primeiros locais onde os produtores buscam informação e pedem soluções. Por isso, enquanto entidade que representa o Poder Legislativo e que defende os interesses da população, não poderíamos deixar de atender essa demanda assim que nos foi apresentada, por isso esse encontro, do qual esperamos que providência seja tomadas logo, em prol dos nossos produtores de leite da região”, comenta o presidente da Acamsop, Solismar Germiniani.

Um dos pontos mais debatidos, além do preço muito baixo pago aos produtores, frente aos altos custos de produção, foi a importação de leite, que hoje representa 12% do consumo nacional. Segundo a Aproleite Sudoeste, entidade que representa os produtores da região, mais de um bilhão de reais por ano deixam de circular só no sudoeste por conta dessas importações.

Como resultado do encontro, vereadores prefeitos e deputados firmaram compromisso de debater o assunto com as demais esferas de governo em busca de soluções para o problema.

Anexos