Acamsop, sexta, 01 de março de 2024 18h : 20m - Paraná - BR

Notícias

Acamsops/13 e 14 podem se unificar com sede na Amsop

As associações das câmaras municipais que representam as microrregiões de Francisco Beltrão e Pato Branco podem se tornar uma só. Essa é a pretensão de algumas lideranças do sudoeste que buscam mecanismos para reduzir custo de manutenção das entidades e criar uma mais forte. Se isso ocorrer à entidade dos vereadores também teria sede na Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná) em Francisco Beltrão como já ocorre com a Acamsop/13.

A proposta não é exatamente nova, mas ganhou força nos últimos meses depois que a Acamsop/13 quase foi extinta por não conseguir mais se auto-sustentar e ter dificuldade em manter ações.

Na tentativa de reerguer a entidade uma comissão provisória foi criada para estudar saídas tomando posse oficialmente na última semana. Entre as ações adotadas está a ajuda da Amsop em algumas despesas, como luz, água, telefone e secretária.

O presidente Altair Gasparetto explica que o auxilio ocorre até a entidade se reerguer e quem sabe mais forte. “A Amsop não vai repassar recurso algum para a entidade, só vai absorver algumas despesas pequenas já que a Acamsop/13 tem escritório na mesma estrutura da Amsop. Nesse tempo não será cobrada mensalidade das câmaras e quando se reestruturar teremos uma entidade bem mais forte trabalhando junto com os prefeitos em defesa dos interesses da Carta do Sudoeste bem como integrando as comissões temáticas (saúde, educação agropecuária, turismo e desenvolvimento regional)”, avalia Gasparetto.

O vereador em Francisco Beltrão Paulo Grohs (PSDB) eleito como presidente oficial após 5 meses como provisório, afirma que vai lutar para unificação das Acamsops. “Passamos por um período muito difícil e graças a Amsop e a um jurídico que se prestou gratuitamente estamos reativando a entidade. Mas sozinhos somos pequenos. Vou lutar para agregar a Acamsop/14 e sermos uma entidade que possa definitivamente ser um diferencial positivo para o Sudoeste”, ressalta Grohs.

Anexos